Loading...
Docker2017-08-23T02:05:26-03:00

O que é Docker?

Docker: Construa, embarque, execute

Com esse lema (Build, Ship, Run) a empresa Docker se tornou líder mundial em plataforma de containerização de software. “Construa, embarque, execute”, 3 passos para ter suas aplicações executadas dentro de containers.

Como funciona?

Um container é um ambiente bem próximo às distribuições Linux padrões mas sem a necessidade de um kernel separado. Oferece um ambiente o mais próximo possível de uma VM mas sem o overhead que vem com a simulação de todo o hardware e um kernel separado.

Docker utiliza o projeto LXC para criar seus containers.

A quem se destina?

O Docker é destinado à corporação que já utiliza virtualização e deseja uma melhor utilização dos recursos computacionais: Laboratórios de pesquisa, empresas privadas, datacenters e principalmente startups.
Grandes empresas já utilizam containers com Docker no Brasil para facilitar a modularização de seu ambiente.

Entre elas a Copel, a Méliuz e o Nubank.
Outros grandes usuários do Docker podem ser encontrados aqui.

Quais as vantagens de utilizar containers?

Um container é iniciado em cerca de 3~10 segundos, dependendo da aplicação sendo executada. Uma VM, que simula todo um hardware e sistema operacional, demora cerca de 1 minuto para iniciar. Os valores utilizados são exemplos para que o leitor perceba que os tempos estão em ordem de magnitudes diferentes, tornando injusta a comparação entre VMs e containers.

Outro destaque para containers está na utilização de recursos computacionais: um container exige menos do servidor físico que uma máquina virtual e isso permite que sejam executados mais containers que máquinas virtuais, focando a utilização dos recursos onde realmente é necessário.

A evolução no desenvolvimento de software

Em uma pesquisa publicada neste endereço mostrou alguns dados sobre o universo de tecnologia nos EUA:

A plataforma Docker está no centro de três aspectos da estratégia moderna de desenvolvimento de aplicativos: as mudanças para a nuvem, as mudanças para microservices e a transformação das práticas do DevOps.

  • 80% das empresas realizam seu planejamento de DevOps baseando-se em Docker
  • 41% utilizam Docker para melhorar a portabilidade das aplicações
  • 90% possuem Docker ao menos no ambiente de desenvolvimento