Loading...
OpenStack2017-08-22T00:50:01-03:00

O que é o OpenStack?

openstack logo

Os desenvolvedores de todo o mundo colaboram no OpenStack para criar ferramentas para construção e gerenciamento de nuvens públicas e privadas. A missão do OpenStack é: “Produzir a plataforma onipresente Open Source Cloud Computing que irá satisfazer as necessidades de nuvens públicas e privadas, independentemente do tamanho, por ser simples de implementar e altamente escalável.” (traduzido do original) O OpenStack pode ser definido como um sistema para criação de nuvens, simples, altamente escalável e principalmente open source. O desenvolvimento, distribuição e adoção do OpenStack são supervisionados pela OpenStack Foundation, um órgão independente que fornece recursos compartilhados.

Por que utilizar?

Segundo pesquisa realizada pela OpenStack Foundation, as três razões principais para as empresas implantarem o OpenStack são:

A pesquisa completa pode ser encontrada aqui.

O projeto OpenStack tem sido utilizado e apoiado por grandes corporações como Red Hat, IBM, HP e Intel.

  • maior eficiência operacional: o OpenStack permite uma simplicidade maior na utilização dos recursos computacionais, acelerando e automatizando o provisionamento de novos servidores.

  • inovação: a implantação de uma nuvem privada por si somente já pode ser considerado inovação. Implantar uma nuvem privada, utilizando um sistema open source é algo ainda maior por permitir uma flexibilidade imensa à corporação, evitando o lock-in em determinado fornecedor

  • redução de custos: a adoção de uma nuvem privada permite à corporação uma utilização mais adequada dos recursos computacionais, evitando desperdícios em projetos

Primeiros passos

A Fundação OpenStack e seus patrocinadores fornecem uma versão gratuita para testar suas aplicações em uma instalação funcional do OpenStack: http://trystack.org/

Se quiser realizar uma POC (Proof-of-Concept) internamente, sugerimos utilizar o projeto RDO. O RDO é uma comunidade de pessoas utilizando e instalando o OpenStack no CentOS, Fedora e Red Hat Enterprise Linux: https://www.rdoproject.org/

A Cloud Labs é uma empresa brasileira que colabora ativamente no projeto do OpenStack. Se desejar podemos ajuda-lo na implantação inicial de sua nuvem privada:

rdo logo
Fale com um especialista

Veja mais em nosso blog

Imagens customizadas para o OpenStack Glance

Novos administradores do OpenStack podem ter dificuldades para gerar imagens customizadas para suas instancias. Este tutorial pretende mostrar a criação do zero dessas imagens, utilizando como exemplo uma imagem com CentOS 7, MariaDB e Http Apache. A preparação da VM foi realizada em um desktop com Fedora 25. Preparação do ambiente Garanta que possui um ambiente de virtualização completo, instalando os pacotes "libvirt" e "virt-manager" no Fedora: [crayon-5f317575c1ab9460400104/] Verifique se o serviço do libvirt está em execução: [crayon-5f317575c1ac8705317977/] Criação da Máquina Virtual Crie uma nova máquina virtual utilizado o "virt-manager" e defina o hardware dela. As características do hardware nesse momento só influenciarão a rapidez da instalação, o tamanho da instancia no OpenStack depende somente do flavor. Configure o tamanho do disco que conterá o S.O. CentOS 7, no meu exemplo criei um disco de 9GB. O valor de 9GB é mais que o suficiente visto que queremos somente gerar uma imagem da instalação. Crie esse disco em arquivo, não em LVM ou iSCSI, trabalhar com arquivo simplificará nosso trabalho posterior No particionamento básico para o CentOS configure uma partição única conforme mostrado abaixo: Crie um usuário "centos" com permissões de sudo e NÃO configure uma senha de root: Configurando a VM Instale os pacotes que considera essenciais para sua instalação. No meu caso, instalei os pacotes httpd, mariadb, bash-completion e vim: [crayon-5f317575c1acd459998726/] O pacote "cloud-init" tem se tornado padrão para ambientes em nuvem. Ele realiza configurações na instancia no momento do primeiro boot, através do serviço "cloud-init.service". A configuração dele pode ser realizada com os seguintes comandos: [crayon-5f317575c1ad2337204549/] Atualize o SO: [crayon-5f317575c1ad4689422662/] Desligue a VM: [crayon-5f317575c1ad6212881496/] Sealing e Shrinking Temos uma instalação pronta e já poderíamos fazer upload do disco da [...]